Terça, 11 de Maio de 2021
89 999900379
Política Valença do Piauí

Bancada popular do Jornal da Confederação com Joaquim de Moraes Rêgo Filho

O prefeito não anda na prefeitura, pois ele diz que o povo só sabe pedir, então por quer foi eleito, se não para ajudar o povo de Valença, pergunta Joaquim Filho

22/04/2021 23h16 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: Redação
Bancada popular do Jornal da Confederação com Joaquim de Moraes Rêgo Filho

O senhor Joaquim Filho foi o entrevistado da tribuna popular do Jornal da Confederação desta quinta-feira (22/04), ele falou sobre muitos assuntos importantes, os projetos da emissora, política, educação, denunciais e os desmandos da atual administração.

Em nome da diretora presidente Josilene Marinho, Joaquim Filho anunciou o projeto de ampliação do sinal de alcance da rádio que em breve, vai trabalhar com um transmissor de 2 quilos watts e uma torre de 70 metros de altura com uma cobertura de mais de 100 km. Os investimentos na casa de 120 mil reais.

Sobre a administração municipal, ele informou que vêm recebendo do povo, muitas denunciais, principalmente pela falta de fiscalização no combate a Covid-19, pois não tem mais as barreiras nas entradas da cidade e muito menos as equipes de desinfecção nos locais públicos de grande movimentação, lembrando que Valença chegou 50 óbitos em conseqüência da doença.

O prefeito Marcelo Costa, parece não mandar em nada, sendo que um aliado dele disse “estive em uma cidade vizinha e lá me perguntaram quem era o prefeito, pois quem mandava na prefeitura era uma mulher”. O deboche já ultrapassou a cidade de Valença, enfatizou, é muito triste, parece que essa gestão venha a ser pior do que a gestão passada que também foi péssima.

Bairros abandonados, muito lixo, mato, falta de transparência, mais o que chama a atenção é que existem contratos generosos com escritórios de advogados que ganham quase 80 mil reais por mês, contabilidade ganhando também muito dinheiro público e o básico não estão fazendo.

O prefeito não anda na prefeitura, pois ele diz que o povo só sabe pedir, então por quer foi eleito, se não para ajudar o povo de Valença, pergunta Joaquim Filho.

No final da entrevista Joaquim Filho, agradeceu a imensa participação popular dos ouvintes, onde elogiaram a postura e as verdades ditas na banca do jornal.