Quarta, 14 de Abril de 2021
89 999900379
Cidades Centro

Piçarra em operação tapa buraco na Avenida Joaquim Manoel

Há quem aposte que em menos de uma semana estará à mesma buraqueira

08/04/2021 19h48 Atualizada há 4 dias
Por: Redação Fonte: Redação
Piçarra em operação tapa buraco na Avenida Joaquim Manoel

Após protestos com plantações de bananeiras em buracos da Avenida Joaquim Manoel, que repercutiu durante toda a semana passada e até hoje nas redes sociais, a Prefeitura de Valença do Piauí, através da Secretaria de Obras, realizou uma operação tapa buracos bastante inusitada.

Usando apenas piçarra prensada sobre os buracos, a obra cujo valor ainda não foi divulgado é uma espécie de afronta à inteligência dos cidadãos valencianos que voltam às redes sociais criticando o tipo de remendo feito na avenida.

O fato é que nem precisa ser um engenheiro para compreender que o paliativo feito na Av. Joaquim Manoel e em outras ruas da cidade é, supostamente, uma desculpa para jogar o dinheiro público no ralo e justificar o pagamento de empresas contratadas. Há quem aposte que em menos de uma semana estará à mesma buraqueira.

Em todos os lugares qualquer operação tapa buraco é feita com massa asfáltica, mas em Valença essa ação foi feita já pela segunda vez e na mesma avenida com um material completamente diferente. Na primeira vez, bem no início da gestão do prefeito, usaram uma espécie de barro que provou enorme poeira e causando desconforto nos comércios e residências do entorno. Nessa segunda vez, tiveram a proeza de compactar piçarra nos buracos, o que tem provocado poeira semelhante.

Antes do início da Semana Santa, a Prefeitura de Valença, através da mesma Secretaria de Obras, chegou a repercutir na imprensa a “obra” de uma espécie de sarjeta no cruzamento das avenidas Joaquim Manoel e Epaminondas Nogueira. Há quem diga que o cano colocado, além de ser inapropriado para tubulações internas, não suportará o volume de água dos esgotos quem dirá das primeiras chuvas.

Que as obras de recuperação da Av. Joaquim Manoel sejam iniciadas com rapidez, já que existem recursos para a sua execução e até agora nada. Já se passaram mais de três meses da nova gestão e o enredo tem sido sempre o mesmo: apontar o dedo para gestão passada.

Chegou o tempo da atual gestão assumir as suas próprias responsabilidades e fazer o que prometeu em campanha, pois a população não suportará mais esse discurso de vitimização e de tentar justificar os seus erros através dos erros dos outros.