Quarta, 14 de Abril de 2021
89 999900379
Cidades Piauí

GAECO: Posto Kennedy fornecia gasolina para Educação até nas férias escolares

Investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organização tem como um dos focos a Prefeitura de Amarante

23/03/2021 22h39 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: 180graus
GAECO: Posto Kennedy fornecia gasolina para Educação até nas férias escolares

O Posto Kennedy, localizado no município de Amarante, de propriedade de Maria do Carmo Ribeiro de Sousa, emitiria notas fiscais para o combustível gasolina até durante as férias escolares na cidade, em nome da Secretaria de Educação. Ocorre que segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), em denúncia ofertada à Justiça, não existia razão de ser para esses abastecimentos, em face de dois motivos: as férias escolares e o fato de não existir veículo a gasolina na Secretaria de Educação. 

“Consta na Representação Criminal que embasa a instauração dos Procedimentos de Investigação Criminal, a informação de que foram emitidas Notas Fiscais e notas de empenho para pagamento, através da Secretaria de Educação, de combustível (gasolina) para os veículos da Educação. No entanto, como afirmado pelos denunciantes, a Secretaria de Educação não possui nenhum veículo de passeio movido a gasolina, além do fato de que os ônibus escolares não estavam circulando no período, já que tratava-se de Férias escolares”, traz a denúncia. 

As férias em que houve as compras de gasolina para suposto abastecimento de veículos da Secretaria de Educação são as compreendidas entre os dias 6 e 13 de fevereiro de 2017.  

O GAECO também detectou, segundo a denúncia, fragmentação de despesas para “fugir do procedimento licitatório”.

As partes acusadas ainda devem apresentar defesa rebatendo os pontos da acusação.

O relator do caso é o desembargador Erivan Lopes, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI). 

A denúncia é oriunda da Operação Cartão Vermelho, deflagrada pelo GAECO.