Terça, 24 de Novembro de 2020
89 999900379
Política Valença-PI

Vereador Joaquim Filho (PTB) uma culpa que não é do eleitor

Hoje reclamam do eleitor que recebe R$ 100,00 (cem reis) que é uma minoria, mais não colocam a culpa nos políticos da oposição

14/09/2020 14h13 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: Ascom: Vereador
Vereador Joaquim Filho (PTB) uma culpa que não é do eleitor

Estive lendo nas redes sociais neste final de semana algo sobre um adágio popular que diz: NÃO É POLITICA QUE FAZ UM CANDIDATO LADRÃO, É SEU VOTO QUE FAZ UM LADRÃO VIRAR POLITICO, discordo do adágio, pois o que faz um político ladrão é a falta de caráter, moral e personalidade do próprio político, não se crucifica quem recebe R$ 100,00 (cem reais) e uma cerveja, devido a os deputados e senadores deste país que roubam milhões de cem reais e não é reclamado e pouco punido por a justiça (Mensalão e Lava jato).

Em Valença do Piauí, as oposições não podem reclamar do eleitor, se não vejamos em 2016, a prefeita atual que é taxada como o governo do desvio, do desmando e da corrupção, foi eleito com 36% dos votos enquanto a oposição teve 64% dos votos, a oposição não ganhou por desunião por querer administrar sozinho por vaidade pessoal, o MDB do Rubens Alencar colocou uma candidata mesmo sabendo que não tinha competitividade, ficou em quarto lugar, o Progressista hoje do filiado e candidato Marcelo Costa na época conduzido por Getúlio Gomes e Iris Moreira não aceitaram coligar com o próprio Marcelo Costa, amargaram o terceiro lugar, foi está falta de acordo, de ambição por o poder que amargam hoje o governo da prefeita Conceição Dias, o eleitor não tem nenhuma culpabilidade do governo que estar instalado em Valença do Piauí, a culpa é dos políticos que não tiveram a capacidade de se juntarem, de se coligarem.

Em 2020 foi à mesma coisa logo em fevereiro a Partido Progressista lançou uma chapa pura com Marcelo Costa e Rubens Alencar, faltando nove meses para eleição, fechando todas as possibilidades de junção com outra oposição que eles progressista taxaram de oposição oportunista, mesmo com lideres como Venício do Ó buscando a todo custo uma junção, uma coligação para derrotar a corrupção que se instalou em Valença do Piauí, Venício do Ó, sempre pregou, que quem deveria ser candidato era quem estivesse na frente das pesquisas e em nenhum momento “a oposição verdadeira”, aceitou.

Hoje reclamam do eleitor que recebe R$ 100,00 (cem reis) que é uma minoria, mais não colocam a culpa nos políticos da oposição que não tem capacidade de sentarem em uma mesa para fazerem uma coligação para tirar o povo destes desmando que se instalou em Valença do Piauí.

Joaquim Filho

Vereador do (PTB) de Valença do Piauí.