Quarta, 05 de Agosto de 2020
89 999900379
Cidades Ação

Três pessoas são presas após sequestro de gerente de banco e família em Teresina

Três suspeitos de participação no crime foram presos após perseguição na Avenida Joaquim Nelson, no bairro Dirce, zona Sudeste de Teresina

08/07/2020 19h59
Por: Redação Fonte: 180graus.com
Três pessoas são presas após sequestro de gerente de banco e família em Teresina

O delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Lucy Keiko, informou que na noite de terça-feira (07/07) o gerente de uma agência bancária em Teresina e sua família foram vítimas de sequestro. 

"Na noite de ontem, iniciou-se um crime de extorsão mediante sequestro. O gerente de um banco e seus familiares foram sequestrados e nesta quarta, o Greco tomou conhecimento desse fato, e juntamente com o Bope, passou o dia em diligências no sentido de libertar os familiares", disse Lucy Keiko.

As vítimas foram libertadas na tarde desta quarta-feira (08) na rodovia BR-343, na saída de Teresina para o município de Altos. Toda a ação foi coordenada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e teve apoio do Batalhão de Operações Especiais do Piauí (BOPE).

Três suspeitos de participação no crime foram presos após perseguição na Avenida Joaquim Nelson, no bairro Dirce, zona Sudeste de Teresina.

"A partir do acionamento do GRECO pelo setor de segurança do banco, todas as equipes começaram a fazer o trabalho de levantamento de informações e monitoramento, que culminou na captura de três pessoas e a apreensão de todo o dinheiro que foi retirado da agência e entregue aos criminosos, em seguida a família foi liberada. Todo o trabalho foi feito visando a segurança da família. Assim que a família foi libertada, deu-se início à perseguição mais efetiva aos criminosos que terminou com a prisão na Avenida Joaquim Nelson, no bairro Dirceu", disse o delegado Tales Gomes, coordenador do GRECO.

Segundo informações do delegado Laércio Evangelista, do GRECO, os presos serão autuados pelos crimes de organização criminosa, extorsão mediante sequestro e posse ilegal de arma de fogo.

A polícia disse ainda que as diligências continuam e outras prisões poderão acontecer.