01 BANNER OFERTAS
Valença-PI

Imagens sacras são encontradas na matriz de Nossa Senhora do Ó e Conceição

O certo é que a mais de 50 anos os artefatos religiosos foram enterrados no interior da igreja de Nossa Senhora do Ó e Conceição

22/11/2019 07h49Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Fonte: Ascom

As imagens dos santos foram encontradas na manhã desta quinta-feira, 21 de novembro na igreja de Nossa Senhora do Ó e Conceição de Valença do Piauí. A matriz está na reta final para conclusão de uma grande reforma estrutural que já dura mais de dois anos.

 

Foi durante a remoção do piso danificado que o ajudante de pedreiro Carlos Adriano, encontrou os artefatos religiosos. O servente conta que começou a remover o piso por volta das 7h da manhã, e que durante o serviço percebeu que havia algo estranho e resolveu aprofundar a cava, nesse momento o ajudante relata ter percebido o fosso com as peças sacras.

 

As imagens se encontravam enterradas debaixo do altar dedicado ao Santíssimo. Após episódio o pároco Klebert Viana, entrou em contato com o historiador Antônio José Mambenga para auxiliar a equipe que trabalhava no local. As duas imagens dos santos católicos aparentemente de gesso é de Santo Antônio e Santa Teresa d'Ávila.

 

Há muito tempo já se ouvia na cidade a história de haver imagens enterradas no interior da igreja, fazendo parte das conversas e relatos de populares. Padre Klebert Viana, explica que quando chegou no município soube desse conto e que em conversa com Padre Marques, o mesmo relatava esse fato.

 

Padre Klebert, explica que ao iniciarem a reforma da matriz chegaram a solicitar a visita de estudantes de arqueologia para fazer uma averiguação da história. “Chegamos a marcar com o pessoal da Universidade Federal para os estudantes de Arqueologia vir fazer o trabalho, mas depois de um salvo tempo de espera não obtivemos resposta”, afirma o pároco.

 

Segundo padre Klebert, as imagens possivelmente tenham sido enterradas no paroquiato de padre Raimundo Nonato Marques por volta de 1946 a 1973. Algumas hipóteses foram levantadas, as imagens podem ter sido enterradas durante a reforma e ampliação da matriz realizada pelo padre entre 1948 a 1956, nessa época padre Marques reduziu a quantidade de santos nos altares.

 

Outra possibilidade é que seguindo a recomendação da igreja durante a reforma litúrgica do Concílio Vaticano II em 1962, onde os padres foram orientados que dessem centralidade ao Cristo e evitasse o excesso de imagens nas igrejas, pode ter levado padre Marques a decidir enterrar as imagens sacras.  

 

Padre Klebert, destaca que na época muitos padres se desfizeram dessas peças religiosas, doando para famílias ou capelas, e em outros casos as imagens foram enterradas como provavelmente foi feito com as imagens que estavam na matriz.

O certo é que a mais de 50 anos os artefatos religiosos foram enterrados no interior da igreja de Nossa Senhora do Ó e Conceição.

  • Imagens sacras são encontradas na matriz de Nossa Senhora do Ó e Conceição
  • Imagens sacras são encontradas na matriz de Nossa Senhora do Ó e Conceição
  • Imagens sacras são encontradas na matriz de Nossa Senhora do Ó e Conceição
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários